Como chegar ao diagnóstico correto

O médico Marcellus Henrique Loiola Ponte de Souza, professor associado da Universidade Federal do Ceará, livre docente da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e professor visitante da Queen Mary University of London, informou que é fundamental que os pacientes entendam que não existe um único exame ou um único procedimento capaz de dar o diagnóstico preciso de uma doença inflamatória intestinal. O diagnóstico será possível apenas a partir de uma combinação de dados, que envolve desde os sintomas até os resultados dos exames laboratoriais e de imagem. Para isso, os médicos precisam ter todo um arsenal para fazer um diagnóstico de qualidade evitando, assim, um prejuízo no tratamento e na vida do paciente. O médico explicou detalhadamente quais são os exames mais comumente utilizados e como ajudam os especialistas a identificarem as DII.